Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A ABHO, Associação Brasileira de História Oral, tem como um dos pontos centrais de sua proposta programática priorizar a publicação e a distribuição da revista História Oral, que se destina aos associados e interessados na metodologia e teoria das pesquisas com fontes orais. Criada em junho de 1998, a revista História Oral da ABHO é a primeira publicação brasileira inteiramente dedicada à divulgação de trabalhos nacionais e internacionais sobre a oralidade, desempenhando assim importante papel na formação de pesquisadores. Nossa revista pode ser vista como um lugar plural onde se confrontam trabalhos interdisciplinares evidenciando as interfaces da história oral com vários campos do conhecimento.

 

Políticas de Seção

Expediente

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê

Editores
  • Luciana Heymann
  • Regina Weber
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Variados

Insira aqui a política desta seção

Editores
  • Luciana Heymann
  • Regina Weber
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Editores
  • Luciana Heymann
  • Regina Weber
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Editores
  • Luciana Heymann
  • Regina Weber
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções

As traduções são publicadas na revista a critério do Comitê Editorial.

Editores
  • Luciana Heymann
  • Regina Weber
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os textos enviados para a revista História Oral serão submetidos a dois pareceristas designados pelo Comitê Editorial. Esta norma aplica-se inclusive aos artigos/resenhas encomendados pelo Comitê. Os pareceristas poderão ser os membros do Comitê Editorial, do Conselho Editorial ou um especialista no assunto. Em caso de empate - um parecer negativo e um positivo - o Comitê Editorial indicará um terceiro parecerista. Aos autores que tiverem seus textos recusados, serão enviados os pareceres contrários (sem identificação do parecerista), sendo-lhes assegurado o direito a recurso. O Comitê Editorial não analisará os originais que não estiveram dentro dos padrões mencionados. As colaborações para a revista História Oral podem ser enviadas a qualquer tempo, obedecendo as normas estipuladas.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HISTÓRIA ORAL
www.historiaoral.org.br